Sexta-feira, 01 de Junho de 2007

"Há dias em que não me apetece falar. Não me apetece ouvir os sons que saem da minha boca. Nestes dias vou apenas falando sem falar..."

Estou Cansado (Álvaro de Campos)

 

Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo...
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.

 

Beijinhos e bom fim de semana

Ana

 

 



publicado por devaneiosmeus às 14:12
mais sobre mim
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


arquivos
2010

2009

2008

2007

2006

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO