Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

Esta noite sonhei,

Voar ao sabor do vento

Como pássaro sem rumo

Sobrevoei montanhas altas

Cujos cumes não consegui alcançar

Cobertas de arvores enormes

Que sussurravam palavras que não percebi

O murmúrio que ouvi fez-me sentir medo

Como pássaro assustado fugi dali

Mas agora não era um pássaro era eu

De braços abertos em direcção ao sol

Rapidamente vi o mar e voei para lá

Costumo ficar calma a olhar o vaivém das ondas

Mas estava demasiado agitado, muito belo é verdade

Parecia atormentado

Pensei, parece este meu coração

Agitado por paixões que não consigo controlar

Fugi de novo e continuei

Estou cansada, tão cansada

Doem-me os braços

Porque o pássaro, não sei para onde foi

Sou eu que voo agora

Os meus olhos alcançam um campo verde

Coberto de flores

Sorri é aqui que quero ficar

Lentamente desço para finalmente descansar

Mas não consigo, alguma coisa não me deixa

Puxa-me para cima sempre, mais cada vez mais

Sinto uma angústia imensa

Quero, preciso descansar

Sinto o coração palpitar cada vez mais acelerado

Não entendo porque não consigo

Sentir terra firme

O perfume das flores

E lá parti de novo tentando esquecer a angústia

Tentando acalmar este meu coração atormentado

Mas que aos poucos sinto que vai acalmando

Agora sei onde quero estar, mas… continuo a voar…

 

Acordei, sentei-me na cama

Estou agitada e muito cansada, tenho este sonho muitas vezes

Voar sem conseguir parar.

 

Bjinhos

Ana



publicado por devaneiosmeus às 11:29
Sonho muitas vezes...
A maior parte das vezes acordada....
Raramente vejo os meus sonhos concretizados, mas o continuar sempre a sonhar fáz-me acreditar na vida, nas pessoas, nos afectos....
Voo também muitas vezes. Umas vezes a dormir, outras acordada....
Gosto de me deixar levar pelo "vento" dos pensamentos e tal como tu por vezes sinto necessidade de descansar, mas pareçe que há algo que me impede...
Adorei..
Bjokas
Madalena
apenasMadalena a 15 de Novembro de 2006 às 12:18

É miga "o sonho comanda a vida", no meu caso por muito que por vezes me apeteça ser mais racional, logo o sonho se instala e como tu sonho muitas vezes e esse é o perigo, o que me faz fugir da realidade, sonhar acordada.
Mas este sonho tenho muitas vezes a dormir e acordo sempre do mesmo modo, ansiosa.
Imagino que terá a ver com a falta que sinto de espaços e tempos só meus.
Bjinhos
Ana
devaneiosmeus a 15 de Novembro de 2006 às 17:14

Olá! Sou a amiga da Madalena! Vim cuscar um pouco o teu espaço e gostei. Espero q esses coração descanse, pq por akilo q escreveste, deve andar mm mt agitado. Tristezas pra trás das costas e seguir em frente! Beijocas
Cristina a 15 de Novembro de 2006 às 14:16

Olá! Cristina és muito benvinda a este espaço, cusca a tua vontade, e deixa o teu comentário sempre que sintas vontade de o fazer, e se és amiga da Madalena és de certeza uma pessoa especial.
O meu coração anda um pouco agitado sim, mas acalmará com o tempo, eu sou normalmente muito calma.
Obrigado pelas tuas palavras e apoio.
Bjinhos
Ana
devaneiosmeus a 15 de Novembro de 2006 às 17:19

A tua inspiração, tal como a tua inteligência não me surpreende, aliás sempre tive em ti uma amiga, companheira e confidente. Sem dúvida os teus tormentos atormentam quem está contigo, e quem ao longo dos anos te aprendeu a conhecer e a compreender. Estamos sempre juntas mesmo separadas, as nossas angústias são partilhadas, os nossos sentimentos tantas vezes revividos... somos um trio heterogéneo na homogeneidade desta amizade tão sincera que nos une... É bom ser diferente!
Jinhos da 'Sabela
Ana Isabel a 16 de Novembro de 2006 às 10:04

Minha Sabela querida, minha sementinha de boa vontade, amiga de todas as horas, companheira de angústias e tantas alegrias....obrigado por me aturares tantas vezes quando sei sou uma seca para todos, até eu me acho que dirão os outros e principalmente tu que tens idade para ser minha filha, alíás acho que foste promovida a filha honorária pela minha filha recentemente, vocês são cá uma dupla.
E quanto ao trio harmonioso é verdade ainda falta o comentário da outra compnente deste trio a nossa Nazaré.
Bjinhos miga
Ana
devaneiosmeus a 16 de Novembro de 2006 às 14:07

bem, apesar de não pertencer ao trio e actuar únicamente num monólogo, deixo aqui as minhas palavras mais sentidas e menos entendidas...
A vida é fantástica!
Acredita que já passei por coisas muito más na minha vida, e em todas elas pensei sempre, ''Felizmente vivi-as!''
Sonhar e bom, mas a meu ver, melhor mesmo é tornar esses sonhos realidades. Crer que vamos mesmo realizá-los!
Que somos felizes agora, mas que amanhã, seremos ainda mais.
enfim... como disse no principio, tolices dos meus sonhos.
BJ

FM
FM a 16 de Novembro de 2006 às 15:34

O trio que actua todos os dias em conjunto pode sempre ser alargado, todos são acolhidos de braços abertos, nós somos uma moças muita porreiras, digo eu!!Ehehehe
Claro que sonhar é bom e já deve ter dado para notar que sou uma sonhadora sem cura possível, realizar esses sonhos é que nem sempre é possível, sonho apenas.
Os sonhos nunca são tolices, são asas para a nossa imaginação.
Bjinhos
Ana
devaneiosmeus a 17 de Novembro de 2006 às 09:40

mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
17
18

19
21
23
25

26
28


arquivos
2010

2009

2008

2007

2006

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO